Prefeito de São Paulo espera liberação da Av. Eliseu de Almeida até sexta-feira, 17

14/02/2023


O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, visitou neste domingo o ponto de interdição da avenida Eliseu de Almeida, importante via de ligação entre a capital e Taboão da Serra que está intransitável devido ao aparecimento de uma cratera provocada pela sobrecarga da tubulação provocada pelas conexões indevidas da água das chuvas de imóveis para as redes de esgoto.

Ricardo Nunes esteve no local e anunciou mudanças no trânsito. Além da interdição da avenida Eliseu de Almeida, na pista sentido capital, entre as ruas Ministro Lauro Ferreira e Santa Albina. Nunes disse que a pista sentido Taboão da Serra será dividida para que o fluxo de carros e principalmente ônibus não seja interrompida totalmente

Segundo Nunes, a Sabesp prevê a entrega da obra e a liberação das pistas da avenida Eliseu de Almeida até a sexta-feira, dia 17. "Estamos aqui com o pessoal da SPTrans e não terá alteração [do itinerário] e eles [ônibus] continuarão fazendo esse trajeto pela via compartilhada na pista sentido Taboão".

Entenda o caso

Uma das principais vias de ligação entre Taboão da Serra e a capital, a avenida Eliseu de Almeida, está interditada após o surgimento de uma nova cratera no cruzamento da rua Mário Dias, na pista sentido São Paulo, na manhã deste domingo, dia 12.

Segundo a Sabesp, técnicos da companhia já trabalham no conserto do coletor-tronco de esgoto localizado na Avenida Eliseu de Almeida após o surgimento de uma nova cratera nas proximidades do trecho que ruiu em janeiro. Não há desabastecimento de água.

A Sabesp também informou que "não é possível estimar prazos" para que a avenida seja liberada, portanto os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que trabalham, estudam e tem compromissos na capital devem se preparar para congestionamentos, já que todo trânsito deverá ser desviado principalmente pela avenida Francisco Morato.

"Neste domingo (12/2), por questões de segurança, as três pistas da via [Eliseu de Almeida] foram interditadas para o trânsito em conjunto com a CET. A Sabesp atua em parceria com a ENEL e a Comgás para monitorar as tubulações existentes no local. O foco dos serviços é a estabilização do terreno e, na sequência, a recuperação de trechos danificados", informou em nota.

Após o surgimento da cratera, uma grande quantidade de água esverdeada tomou conta do local, enchendo o buraco e aumento a apreensão de motoristas que circulavam pela região.

Sobre o surgimento da nova cratera, "um dos motivos da situação é a sobrecarga da tubulação provocada pelas conexões indevidas da água das chuvas de imóveis para as redes de esgoto. Os sistemas de esgotamento sanitário não são dimensionados para receber água pluvial, gerando transtornos que podem causar o rompimento de estruturas, principalmente quando há maior incidência de chuvas, como nas últimas semanas". 

Fonte: otaboanense.

Posts mais recentes em nosso blog

Seja o primeiro a ler as novidades!

A empresa pioneira no transporte terrestre de passageiros com mais de 100 destinos no Brasil integra a tecnologia da Reservamos SaaS, para fortalecer seus canais de venda direta online e fornecer experiências de compra ideais para seus viajantes.