PARÁ ENCOMENDA 40 e-BUS E GOVERNADOR VISITA ELETRA

01/02/2024

Os ônibus elétricos integrarão o BRT de Belém e atenderão a COP30

Após encomendar os primeiros 40 ônibus elétricos para o Pará, o governador Helder Barbalho visita, no dia 2 de fevereiro, a fábrica da Eletra em São Bernado do Campo (SP), que produzirá os veículos.Os 40 e-Bus vão atender a COP30, que acontecerá em Belém em novembro do 2025. Com investimentos de R$ 120 milhões de reais, os veículos serão entregues entre setembro e outubro deste ano.Os ônibus elétricos 100% brasileiros da Eletra, que integrarão o BRT da região metropolitana de Belém, têm 12,1m (Básico), piso alto, capacidade para 75 passageiros e um cadeirante, com autonomia de até 250km.Os veículos são zero emissão de poluentes, silenciosos, confortáveis, com ar-condicionado, wi-fi e USB para carregar celulares.A aquisição faz parte do programa para descarbonizar o Estado. Foi realizada por meio de licitação na modalidade eletrônica conduzida pela Agência de Transporte Metropolitano do Estado do Pará (Agtran), órgão responsável pela gestão do sistema BRT Metropolitano.Em 13 de janeiro, Barbalho assinou o contrato de aquisição dos ônibus elétricos.
Os ônibus têm tecnologia de tração elétrica e integração Eletra, carroceria Caio eMillennium, motor elétrico e baterias WEG – todas elas empresas brasileiras – e chassis Mercedes Benz, fabricados em São Bernardo do Campo (SP).LINHA COMPLETA
Ao longo de 2023, a Eletra apresentou ao mercado a mais completa linha de ônibus elétricos da América Latina, todos fabricados no Brasil com tecnologia nacional.
São seis novos modelos, desenhados para atender às diferentes características topográficas e urbanas das cidades brasileiras e latino-americanas.E mais o e-Trol, um trólebus com ampla autonomia sem contato com a rede aérea, produzido especialmente para operações em vias segregadas e BRT (bus Rapid Transit).Os ônibus elétricos Eletra são o resultado da parceria da Eletra com algumas das principais empresas de transporte público sustentável no Brasil.

  • 10m – Midi (chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG).
  • 12,1m – Básico (chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG);
  • 12,5m (chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG);
  • 12,8m – Padron (chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG);
  • 15m (chassi Scania, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG);
  • 21,5m – Articulado (chassi Mercedes-Benz, carroceria Caio, motores elétricos e baterias WEG).
Toda a Linha Eletra é produzida numa área industrial de 27 mil m² na Via Anchieta, São Bernardo do Campo, coração industrial da Grande São Paulo.A nova fábrica entrou em operação em maio de 2022 e tem capacidade de produzir 150 ônibus elétricos/mês, ou até 1.800/ano, podendo aumentar essa produção em 50%, dependendo da demanda.A ampliação das instalações faz parte de um plano de investimentos cujo objetivo é posicionar a empresa como a principal indústria nacional de veículos elétricos pesados.

google-site-verification=he92oidMsGk8k8v3k0ClPonvSogZ4ZrKkMkm452uIFU