Scania cresce 137% no mercado de ônibus em 2024

25/06/2024

Fabricante vendeu 235 chassis no acumulado do ano, de janeiro a maio, entre urbanos e rodoviários (segmento em que conquistou 13,6 de participação)

O momento de mercado da Scania, no acumulado do ano – janeiro a maio de 2024 –, está positivo tanto em caminhões (liderança nos pesados) quanto em ônibus (alta de 137%). A marca dispõe de um portfólio amplo para o cliente, que oferece o menor custo total de operação, superior economia de combustível e o apoia com uma solução completa de serviços e alternativas financeiras (Scania Banco, Consórcio e Seguradora). O cenário promissor projeta uma participação com grande otimismo na Lat.Bus 2024 ou Feira Latino-Americana do Transporte, que será realizada de 6 a 8 de agosto no Expo Imigrantes, em São Paulo.


"A Nova Geração de ônibus P8/Euro 6 da Scania é um absoluto sucesso", comemora Alex Nucci, diretor de Vendas de Soluções da Scania Operações Comerciais Brasil. "O lançamento, em 2022, já proporcionou uma economia de combustível de 8% sobre a gama anterior. Fruto das vantagens do motor XPI com injeção de alta pressão. Anunciamos agora novas melhorias, dentre elas a introdução do Acelerador Inteligente, que vão aumentar em mais 3% este benefício. Portanto, a linha 2024/2025 de ônibus Scania estará 11% mais econômica", completa.


"Nossas soluções de produtos, serviços e alternativas financeiras estão oferecendo a máxima rentabilidade e disponibilidade ao cliente. Os serviços conectados ajudam a ter uma frota mais eficiente, os planos flexíveis tornam a manutenção mais inteligente e a Control Tower traz uma gestão ativa do fluxo das oficinas. Um ciclo virtuoso que oferece disponibilidade para o ônibus ficar o menor tempo possível parado, rodar o máximo do tempo, e, o principal: garantir mais dinheiro no bolso do operador urbano, rodoviário, do fretamento ao turismo.

A Scania oferece o menor custo total de operação do mercado", diz Nucci.


O Acelerador Inteligente, ou controle de aceleração, funciona ligado a uma análise do peso do veículo, da posição do pedal de aceleração e deslocamento do modelo, para evitar acelerações bruscas e desperdício de combustível. Assim, o ônibus é conduzido de maneira mais confortável e econômica preservando outros componentes do trem de força e os freios. O sistema trabalha de forma automática e desativa quando o motorista pressiona o acelerador até o fundo (posição do Kickdown), entendendo que o condutor precisa de toda a capacidade de aceleração. Ao soltar o pedal, o sistema volta a controlar a aceleração. Numa viagem com alta frequência de alternâncias de velocidade, tráfego intenso e em ônibus não totalmente ocupado, o acelerador inteligente contribui para maior economia de combustível. Quanto mais variações na rota maior será sua atuação automática.


O maior crescimento do mercado no acumulado do ano versus 2023

No mercado em que a Scania atua, acima de 8 toneladas, somando chassis rodoviários e urbanos, a marca emplacou 237 unidades em 2024, numa alta de 137% sobre as 100 unidades do mesmo período, de janeiro a maio de 2023. É o maior crescimento entre todos os concorrentes. A participação subiu de 1,3% para 4,8%. Aliás, a Scania começou o ano embalada por ter sido a fabricante que obteve o melhor resultado sobre 2022, no acumulado de 2023, com alta de 62,7% (de 287 unidades para 467).


Já nas vendas de rodoviários, a Scania tem um destaque absoluto no acumulado do ano versus 2023. A Scania registrou 235 chassis, acréscimo de 137% sobre as 100 unidades dos mesmos cinco primeiros meses do ano passado. A Scania cresceu em todos os comparativos cumulativos de 2024 com 2023. Mas, dentre todos os concorrentes, a Scania foi a única que aumentou os números mês sobre mês; começou com 6,5% em janeiro, subiu para 61,1% em fevereiro, 79% em março e 128% em abril, sempre levando em consideração os períodos somados de janeiro até o mês respectivo. A participação geral aumentou de 6,6% para 13,6%. "No importante recorte no segmento acima de 300cv, de motor traseiro, no qual a marca se destaca ainda mais, a participação subiu de 17,8% para 27,6%, ou quase 10%", revela Gustavo Cecchetto, novo gerente de Vendas de Soluções para Mobilidade da Scania Operações Comerciais Brasil.


Na categoria acima dos 400cv, com os produtos K 450 e K 500 8x2, a Scania percebe uma migração por parte de clientes do 8x2 para o 6x2 na configuração de Double Decker (DD). "O segundo semestre promete ser muito aquecido nas compras. Temos boas encomendas tanto de 6x2 quanto de 8x2. É uma faixa bastante competitiva e o nosso produto tem proporcionado aos clientes alta performance com baixo consumo de diesel unido a um completo pacote de serviços", conta Cecchetto.


Amplo leque de produtos

A linha Scania de ônibus 2024/2025 tem modelos que estão se destacando no mercado. No segmento dos urbanos, os três modelos de maior procura são o

K 280 4x2 (tamanho padron de 12,5m a 14m), K320 6x2*4 (tipo padron 15m) e

articulado K320 6x2/2, de 18m a 21m.


Nas opções de chassis rodoviários, os modelos mais procurados são: K 320 4x2 (feito para fretamento, linhas rodoviárias de curtas distâncias), K 370 4x2 e 6x2 (linhas rodoviárias de curtas e médias distâncias), K 410 6x2 (trajetos rodoviários de médias e longas distâncias, além do turismo), e, por fim, o K 450 e o K 500 8x2 – linhas rodoviárias em longas distâncias e turismo.


Serviços personalizados para Ônibus

Os clientes de ônibus têm à disposição o Serviços Scania PRO Personal, que tem foco na gestão da disponibilidade, com proteção de itens preventivos e chance de personalização de acordo com as demandas do cliente. Também estão inclusos o Control Tower, a solução mais completa de conectividade (o pacote Desempenho) e o Data Access, que possibilitam a gestão em tempo real utilizando o portal My Scania. Ou se o cliente preferir, por meio da integração dos dados de conectividade com os sistemas próprios de sua empresa. O Control Tower faz uma gestão ativa da eficiência do fluxo das oficinas e também indica se há problemas em algum dos veículos que precisam ser tratados com urgência. E ainda age imediatamente via rede de concessionários no contato com os clientes para que os ônibus retornem à operação o mais rápido possível.





google-site-verification=he92oidMsGk8k8v3k0ClPonvSogZ4ZrKkMkm452uIFU