Mercedes-Benz Sprinter comemora 25 anos de sucesso no Brasil

25/10/2022
  • Lançamento em 1997 introduziu o segmento de Large Vans no país
  • Versatilidade conquistou o mercado: 87 configurações garantem a melhor versão para cada tipo de uso
  • Nova motorização: maior potência com menor consumo e emissões

A Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil está celebrando 25 anos do lançamento da Sprinter no mercado brasileiro. Estreando em 1995 na Alemanha, o modelo foi o primeiro veículo de transporte da Mercedes-Benz a receber um nome próprio, que hoje designa uma ampla linha. A chegada ao Brasil em agosto de 1997, apenas dois anos após seu lançamento na Alemanha, marcou a introdução no país do segmento de Large Vans, veículos comerciais de médio porte, com peso bruto entre 3,5 e 5 toneladas.

Fabricada na Argentina, a Sprinter veio suprir a necessidade de um veículo com boa capacidade de carga e passageiros, capaz de se movimentar com agilidade no trânsito pesado das grandes cidades e garantir facilidade de carga e descarga num cenário onde os caminhões tradicionais enfrentam dificuldades de operação. A recém-chegada logo ganhou a confiança dos clientes e usuários e, com o passar dos anos, tornou-se parte da paisagem urbana brasileira. Mais de 180 mil unidades da Sprinter circulam hoje no Brasil.

"A Sprinter é um dos modelos da Mercedes-Benz mais próximos ao público brasileiro, participando de forma direta ou indireta da vida diária de toda a população do país. Ela demonstra perfeitamente o foco da Mercedes-Benz no atendimento das necessidades do cliente, cada vez mais diversificadas e especializadas, com a maior eficiência, confiabilidade e praticidade", afirma Carlos Garcia, CEO e Presidente da Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

O executivo também comenta o exemplo do serviço de entregas para o e-commerce, uma área de atuação cada vez mais importante, em que a Sprinter tem papel de destaque. "Esta interação com o cliente e o usuário é uma das marcas mais importantes desses 25 anos de trajetória e uma das razões do sucesso da Sprinter. E a garantia de que a Mercedes-Benz continuará na vanguarda deste importante segmento", finaliza.

Disponibilizada em quatro diferentes tipos construtivos - van para passageiros, furgão vidrado, furgão, ou chassi com cabine - a Sprinter conta com 87 possibilidades de configuração que possibilitam ao cliente a escolha do modelo mais apropriado às suas necessidades. A gama vai desde as alternativas para transporte escolar, turismo, traslados, transporte urbano e fretamento aos furgões para serviços de entrega e chassis com cabine voltados para o transporte de mercadorias. Entre outras utilizações destacadas estão as ambulâncias, veículos de segurança e motorhomes.

"A Sprinter é um produto muito significativo para a história da Mercedes-Benz. Ao longo desses 25 anos no país, ela estabeleceu uma forte conexão com seus usuários porque acompanha as inovações de negócios desenvolvidas pelos nossos clientes, oferecendo confiabilidade, economia e flexibilidade, que viabilizam a aplicação nas áreas mais diversas", afirma Aline Rapassi, Gerente de Produto Vans da Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

Em seus 25 anos de trajetória, a Sprinter acumulou uma coleção de prêmios conferidos pela imprensa especializada. Entre os mais recentes se destacam o Melhor Valor de Revenda, da agência Autoinforme, o Melhor Compra, da revista Quatro Rodas, Campeão de Vendas e Campeão de Revenda, da Frota & Cia e Melhor Furgão e Melhor Chassi-cabine do jornal O Estado de S. Paulo.

Ampla rede de concessionários

A Sprinter é comercializada por meio da rede de concessionários da Mercedes-Benz do Brasil, que conta com mais de 180 pontos em todo o país, onde os clientes encontram consultores de vendas preparados para entender a operação para indicar a melhor configuração de veículo dentre as 87 possibilidades e também atendimento técnico capacitado e serviços de pós-venda. Além disso, a linha é atendida de forma exclusiva por oito Van Centers especializados nas grandes metrópoles: três no Rio de Janeiro, dois em Belo Horizonte, um em São Paulo, um em Fortaleza e um em Curitiba

Três gerações

Lançada no Brasil em 1997, a Sprinter ganhou sua segunda geração em 2012, já equipada com sistemas de assistência avançados, como o pioneiro programa eletrônico de estabilidade, freios ABS e airbag para o motorista. Em sua terceira geração, a atual, a Sprinter oferece importantes recursos de segurança e conforto para o motorista e passageiros. Além do design interno ergonômico, conta com importantes funções e equipamentos de segurança ativa, como o ESP adaptativo mais completo da categoria, assistente de partida em rampa, assistente ativo de frenagem, assistente de vento lateral, alerta de fadiga do condutor e câmera de ré.

A Sprinter também traz ar-condicionado potente com controle digital, partida do motor sem chave, direção elétrica, volante multifuncional e sistema multimídia. O conceito do cockpit é ser o mais aproximado possível de um automóvel, para maior conforto do motorista. A interatividade é assegurada pelo sistema MBUX, com tela touchscreen de 7 polegadas, espelhamento de smartphones compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, entradas USB e transmissão de áudio via Bluetooth.

Força e confiabilidade

Lançada em março deste ano, a nova linha Sprinter Street 315 CDI conta

com a eficiência do novo motor a diesel OM654 de quatro cilindros e 163 cv, que tem como característica o desempenho operacional combinado à redução nas emissões, o que fortalece sua vocação para o transporte em trechos urbanos e mistos. A transmissão manual de seis marchas, com alavanca posicionada na parte inferior do painel, se caracteriza pela suavidade na inserção de marchas e garante melhor aproveitamento de torque, maior agilidade no trânsito, economia de combustível e baixas emissões.

O novo motor tem bloco de alumínio, com peso reduzido, e se caracteriza pelo funcionamento mais silencioso e com menos vibrações. Para melhor desempenho e durabilidade, os cilindros contam com revestimento NANOSLIDE, que diminui o atrito. Do ponto de vista ambiental, o motor OM654 também reduziu o índice de emissões com a adoção de sistemas de recirculação e pós-tratamento dos gases de escape. Segundo os critérios de medição do Inmetro, o consumo é 6% menor na cidade e 11% melhor na estrada.

google-site-verification=he92oidMsGk8k8v3k0ClPonvSogZ4ZrKkMkm452uIFU