Mercedes-Benz comemora 20 anos dos caminhões Accelo no mercado brasileiro

24/07/2023

89.515 caminhões leves e médios Accelo foram emplacados no Brasil nessas duas décadas

  • 33.387 unidades são do Accelo 815, o modelo mais vendido da família e sucessor do consagrado "Mercedinho", um dos caminhões mais admirados por autônomos, frotistas e motoristas na história da marca no Brasil
  • Flávio Cristiano das Dores, da empresa Comercial Flavinho: "O Accelo sempre teve o melhor consumo da categoria"
  • Linha atual acentua atributos de qualidade, confiabilidade e produtividade no transporte urbano e em curtas distâncias rodoviárias e rurais

A Mercedes-Benz do Brasil alcançou o marco histórico de 20 anos dos caminhões Accelo. Desde que chegou ao mercado, em 2003, foram emplacados 89.515 caminhões dessa família de leves e médios, volume acumulado até junho deste ano. Isso significa uma média de 4.475 unidades por ano. Foram 85.461 caminhões leves e 4.054 da categoria de médios.

Do volume total, 33.387 unidades são do leve Accelo 815, que começou a ser comercializado em 2012. Este é o modelo mais vendido da família até hoje, sendo sucessor do consagrado "Mercedinho", um dos caminhões mais admirados por frotistas e autônomos.

O segundo modelo mais vendido neste mesmo período é o leve Accelo 1016, também desde 2012, com 32.932 unidades emplacadas. Além disso, 4.031 unidades são do modelo médio Accelo 1316 6x2, que começou a ser comercializado em 2015. A família Accelo também teve, em sua trajetória, modelos leves como 715 e 915, que foram sucedidos pelos atuais 817 e 1017. Já o médio 1316 6x2 é o antecessor do atual Accelo 1317 6x2.

"Quando a Mercedes-Benz lançou o Accelo, há 20 anos, tinha um grande desafio: dar continuidade ao sucesso do caminhão 710, o Mercedinho, um campeão de vendas e muito querido por autônomos, frotistas e motoristas do Brasil por qualidades como agilidade e robustez nas severas atividades da distribuição urbana e das curtas distâncias rodoviárias e rurais", afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. "Desde sua chegada ao mercado, o Accelo já trouxe em seu DNA todas as características consagradas dos leves da marca, agregando mais força, tecnologia e um padrão ainda mais elevado de desempenho, economia, conforto e segurança".

Um caminhão sempre à frente do seu tempo

O Accelo inovou no mercado com o conceito de cabina home office, com interior parecido ao de um automóvel. Isso inclui vários porta-objetos, encosto reclinável tipo mesa, volante similar ao de um automóvel, coluna de direção regulável, cintos de segurança de três pontos, painel com computador de bordo e sistema de diagnose, vidros elétricos, espelho com regulagem elétrica, ar condicionado e cobertura de degraus.

"Outro destaque do Accelo está no fato de que esta foi a primeira linha de caminhões leves a comercializar o câmbio automatizado", destaca Roberto Leoncini. "Por isso, esse caminhão da nossa marca está sempre à frente de seu tempo, cada vez mais atualizado para atender às necessidades do mercado e oferecer mais valor ao cliente. Isso também é resultado do compromisso: As estradas falam, a Mercedes-Benz ouve e traz a solução".

"As categorias de caminhões leves e médios são muito competitivas, com um universo bastante diversificado de clientes, desde aqueles que focam mais o preço do veículo, como aqueles que fazem gestão de frota, olhando para o preço e também custos operacionais, investindo em tecnologias que trazem mais economia, conforto e segurança", diz Roberto Leoncini. "Nossa linha Accelo tem produtos para cada perfil de cliente, seja com modelos básicos ou mais completos, como o Accelo top de linha com câmbio automatizado, cabina estendida, banco do motorista pneumático, tanque auxiliar de 150 litros, ar condicionado, vidro e espelhos com acionamentos elétricos e vários outros itens".

Accelo é destaque como guincho de autossocorro

Entre suas diversas possibilidades de aplicação, o Accelo se destaca como guincho de autossocorro. Quem atesta a qualidade e a versatilidade dessa linha de caminhões Mercedes-Benz nessa atividade é Flávio Cristiano das Dores, mecânico de formação e proprietário da Comercial Flavinho e de outras empresas que, desde 1999, atua com serviço de guincho e, mais recentemente, com locação desses veículos para terceiros. Com sua base na cidade paulista de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, atende parte da região, Litoral Norte e Campos do Jordão, contando hoje com uma frota de mais de 100 veículos.

A empresa possui 25 caminhões Accelo em sua frota, sendo 15 unidades Euro 5 adquiridas no ano passado. Em 2023, já negociou com a De Nigris São José dos Campos a compra de mais 31 unidades de Accelo Euro 6: são 15 unidades do modelo 817, outras 15 do 1017 e um 1317 6x2. Além disso, também adquiriu um caminhão médio Atego 1419 e um extrapesado Arocs 3351 6x4, ambos Euro 6 e também para serviços de guincho. Estes caminhhões começaram a ser entregues no mês de junho.

"Em termos de robustez e durabilidade, que são muito importantes no setor de guincho de autossocorro, o caminhão Mercedes-Benz sai na frente em relação à concorrência. Um Accelo 1316 da nossa frota, de 2015, chegou a 400.000 km com baixa manutenção e ainda não pretendemos trocar por outro", avalia Flávio Cristiano das Dores, o Flavinho. "O trem de força do Accelo é muito bom, principalmente porque é semelhante ao de um caminhão toco como o Atego 1419".

O cliente também destaca a economia oferecida por esses caminhões. "O Accelo sempre teve o melhor consumo da categoria, com diferença de 10 a 15% a menos que outros modelos do mercado. Estamos na expectativa por mais economia com os caminhões Euro 6, que começam a rodar agora", afirma Flavinho, que ressalta ainda que as novas tecnologias embarcadas nos modelos 2023, especialmente as de segurança, agregam ainda mais valor aos caminhões Mercedes-Benz".

Accelo – mais potente, com a mesma confiabilidade e produtividade

A atual linha de caminhões Mercedes-Benz Accelo, que atende à legislação Proconve P8 (Euro 6), chegou ao mercado com nova denominação: os leves Accelo 817 (8.300 kg de PBT) e Accelo 1017 (9.600 kg de PBT) e o médio Accelo 1317 6x2 (13.000 kg de PBT). Eles são equipados com o motor mais robusto do mercado, o que é muito importante nas severas operações de distribuição urbana e na circulação no interior dos bairros. Além disso, são indicados para viagens intermunicipais, curtas distâncias rodoviárias e transporte em áreas rurais e também atendem a legislações de restrição de circulação, como o VUC (Veículo Urbano de Carga).

Devido a suas dimensões compactas, os caminhões Accelo são ideais para o trânsito intenso das grandes cidades. Eles são referência em agilidade, além de proporcionar facilidade de manobra ao motorista, mesmo em áreas internas de centrais de abastecimento, supermercados e centros de distribuição, otimizando assim as operações de carga e descarga. Outro destaque, é que a linha oferece as maiores plataformas de carga do seu segmento, maximizando a produtividade e rentabilidade para o cliente.

Os caminhões Mercedes-Benz Accelo também são reconhecidos pelo valor de revenda, porque efetivamente a marca entrega aquilo que promete ao cliente. Quem compra um Accelo sabe que obterá um excelente produto em qualidade, força, desempenho, robustez, durabilidade, conforto, tecnologia e segurança. Além disso, esses caminhões asseguram economia no consumo de combustível e baixo custo operacional para o frotista e o autônomo, daí o ótimo valor de revenda e a facilidade para revender.

Mais potência e robustez

"O motor OM 924 LA com tecnologia BlueTec 6 ganhou 5% de potência, oferecendo agora 163 cavalos. Além disso, o torque de 610 Nm se estende aos três novos modelos Euro 6", diz Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. "Isso se traduz em melhor desempenho e mais agilidade no trânsito e nas rodovias".

O trem de força é um diferencial de mercado do Accelo. O motor Euro 6, sem EGR, preserva a robustez que os clientes já conhecem e aprovam. O mesmo se aplica ao novo câmbio Mercedes-Benz G70 de 6 marchas em duas versões: automatizada e manual com trambulação a cabo. Além de propiciar mais conforto ao condutor do veículo, o Mercedes-Benz G70 exige menor esforço do motorista e assegura economia no consumo de diesel devido à inteligência das trocas de marcha.

Ainda com relação ao trem de força, a embreagem com auxílio pneumático reduz em 45% o esforço do motorista no pedal, o que se traduz em conforto, praticidade e produtividade na condução do caminhão.

A linha Accelo 2023 trouxe novidades externas na cabina, a começar pelo espelho auxiliar, espelho frontal de aproximação e DRL (luz diurna de rodagem) de LED. Internamente, destaca-se a nova coluna de direção ajustável em 13 graus (mais 5 graus para cima e menos 8 graus para baixo). Isso significa 30% a mais de ajustes em relação ao Accelo Euro 5. A alavanca do câmbio automatizado está posicionada na coluna de direção, solução que oferece praticidade ao motorista.

Na linha Accelo 2023, o interior da cabina ganhou novo revestimento do teto, tacógrafo no teto e um espaço adicional para equipamentos, tanto no teto, quanto no painel.

O painel também conta com novo display digital de 10,4 polegadas, teclas de navegação, controle eletrônico de levantamento do 3º eixo e a alavanca do câmbio automatizado. Com essas novidades no teto e no cockpit, o Accelo permite expandir o número de teclas para implementos e outros opcionais.

A nova eletrônica, superdimensionada, envolve sistemas ainda mais confiáveis, com destaque para o módulo de interface XMC, que agiliza a implementação do veículo e está apto para mais recursos.

A linha Accelo 2023 ampliou o pacote de segurança dos caminhões, que passaram a contar com controle eletrônico de estabilidade (ESC), luzes de frenagem de emergência (ESS) e auxílio de partida em rampa (HSA) na versão com câmbio automatizado. Piloto automático está disponível como opcional para o Accelo 1317 6x2, modelo indicado para curtas distâncias rodoviárias. Além disso, os caminhões Accelo já vêm equipados com ABS (sistema antitravamento de rodas), ASR (controle de tração), EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e Top Brake (exclusivo freio-motor auxiliar da Mercedes-Benz).

Os caminhões Accelo com tecnologia BlueTec 6 se destacam ainda pela otimização do TCO (Custo Operacional Total). Isso se reflete na redução de 10% a 15% no consumo de óleo lubrificante e na maior vida útil de componentes como filtro de ar (33% a mais) e filtro de ARLA (11%). Essas vantagens são potencializadas com a sincronização com os planos de manutenção do Accelo.

Outro importante diferencial dos caminhões Accelo que impacta o TCO é a intercambiabilidade de peças com modelos desta linha e a comunização eletrônica com toda a família de caminhões Mercedes-Benz. Com isso, o cliente pode desfrutar da facilidade e tranquilidade da disponibilização de peças na Rede de Concessionários, presente em todos os estados do País.


google-site-verification=he92oidMsGk8k8v3k0ClPonvSogZ4ZrKkMkm452uIFU