Em uma semana, Operação do Transporte Semiurbano registra 443 autos de infração e R$ 1,9 milhão em multas

21/03/2024

Foco das ações está na identificação de veículos em não conformidade. Objetivo é garantir o cumprimento das normas que regem o transporte de passageiros

Em apenas uma semana, a Operação do Transporte Semiurbano, iniciada em 13 de março pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), registrou números significativos de fiscalização dos serviços e das frotas que realizam transporte rodoviário interestadual semiurbano de passageiros entre Goiás e Distrito Federal. Os resultados parciais dão conta que entre 13 e 20 de março foram abordados 908 veículos, resultando em 443 autos de infração e uma quantia estimada de R$ 1,9 milhão em multas aplicadas. A megaoperação ainda não tem data para terminar e deve acontecer, pelo menos, até o fim do mês.

A ação, conduzida pela Superintendência de Fiscalização de Serviços de Transporte Rodoviário de Cargas e Passageiros (Sufis), faz parte de um esforço contínuo da Agência, cujo foco é identificar veículos em não conformidade para garantir o cumprimento das normas que regem o transporte de passageiros. Fiscais de diversos estados, como Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo foram mobilizados para monitorar e fiscalizar o cumprimento das normas de segurança e qualidade.

As ações são direcionadas para retirar de circulação veículos irregulares, verificar a pontualidade e o cumprimento dos horários, além de assegurar as condições de conforto, acessibilidade, higiene e segurança oferecidas pelas empresas de transporte. Itens como pneus, extintores, poltronas, solicitação de paradas e saídas de emergência foram minuciosamente avaliados, refletindo o compromisso da ANTT em garantir a qualidade dos serviços prestados e a segurança da população. Durante o período, 590 garagens já foram fiscalizadas.

Além das multas, a operação resultou, até agora, em 61 retenções de veículos, 8 transbordos e 96 retiradas de tráfego. Essas medidas visam não apenas punir infrações, mas também incentivar as empresas a oferecerem um serviço de qualidade e em conformidade com as regulamentações estabelecidas, promovendo um ambiente mais seguro e confiável para os passageiros do transporte rodoviário semiurbano.

Assessoria Especial de Comunicação



google-site-verification=he92oidMsGk8k8v3k0ClPonvSogZ4ZrKkMkm452uIFU